Arquivo da categoria Catequese de Infância

Festa do Pai Nosso em SJBaptista

As crianças do 2º ano da catequese fizeram no passado fim de semana a festa do Pai Nosso durante a eucaristia paroquial das 11h00 de Domingo.

Neste ano que tem sido tão atípico em tantos aspetos, foi uma grande alegria para a nossa comunidade paroquial receber tantas crianças e famílias que raramente vemos – até porque, devido à escassez de salas e de espaços em geral na nossa paróquia, e porque o grupo é relativamente grande, eles estão a ter catequese ao Domingo de manhã em São José e muitos optam por ir lá à eucaristia dominical.

Foi uma festa muito bonita: compridita, mas muito bela. Durante a homilia o Pe Jorge ia fazendo perguntas e lançando algumas provocações e não teve grande dificuldade em obter feedback.

Catequese de São José

Na passada sexta feira os catequistas da Paróquia de São José estiveram reunidos no Salão Paroquial de São José e, entre todos os assuntos que normalmente se tratam nesta altura do ano neste tipo de reuniões, houve a ocasião de “passar a pasta” da responsabilidade da catequese de infância.

Os tempos têm sido atípicos e, depois de no ano passado se ter encerrado prematuramente o ano catequético no início da quaresma, este ano a catequese só arrancou em Janeiro e “aos quadradinhos”.

A Sofia Pereira, que também integra a Equipa Alpha da paróquia de São José, é a nova responsável desta valência tão importante na vida de uma paróquia e sucede à Helena Barreiros, que tem vindo a estar à frente deste serviço de evangelização das famílias e das camadas juvenis desta comunidade paroquial ao longo dos últimos 20 anos.

A nossa gratidão à equipa cessante e a certeza do conforto da nossa oração para a nova equipa que agora toma posse.

Questionário de satisfação

⚠️⛪ALERTA⛪⚠️
No passado dia 29 de março de 2021 lançámos um desafio aos pais – o preenchimento de um questionário de satisfação sobre a catequese online, que iniciámos no início deste ano civil, por força das circunstâncias pandémicas em que vivemos.
Chegados a pouco mais de uma semana após a abertura do questionário, anunciamos que vamos receber as respostas dos pais e encarregados de educação das nossas crianças da catequese de infância até ao próximo domingo, dia 11 de abril, às 23h59.
Para aqueles que ainda não nos fizeram chegar as respetivas respostas, lembramos que o podem fazer através do endereço:
Para qualquer questão estamos ao vosso dispor!

Jovens participam em assembleia com o Sr Bispo

No passado sábado foram vários os jovens ou animadores das nossas paróquias que quiseram representar os grupos que integram numa grande Assembleia de Jovens da nossa Diocese de Coimbra, assembleia essa que contou com a presença do nosso bispo, Virgílio Antunes.

A assembleia tinha sido convocada pelo Secretariado Diocesano da Pastoral Juvenil e contou, do nosso lado, com a presença da Carolina Barreiros (ASJ – SJosé), Roberto Mineiro (Say Yes), Alexandra Marques (Grupo de Jovens C+ de SJBaptista), Miguel Cruz (catequese e Grupo de Jovens xD de SJBaptista) e Paulo Farinha Silva (animador sénior xD).

Depois de uma oração inicial, pudemos usufruir de uma bela partilha de um dos membros do secretariado, o Litos, e dividirmo-nos em pequenos grupos para partilhar dificuldades e oportunidades no nosso apostolado junto dos mais novos.

Para a próxima, digam-nos que nós vamos outra vez.

PS: a foto não é representativa; são os adolescentes do Say Yes de SJBaptista na missa de ramos, sábado à tarde.

Catequese do 1º ano que nunca ou poucas vezes se encontrou presencialmente

Este ano, um pouco por todo o lado, a catequese ou não se faz ou tem vindo a puxar pela criatividade e boa-vontade de pais, crianças e catequistas. Na nossa Unidade Pastoral, apesar dos constrangimentos, SJBaptista aventurou-se a arrancar com a catequese familiar em setembro, ainda que para isso tenha deitado abaixo uma parede e, de duas salas de catequese, fazer uma só para os pais, enquanto as crianças se reuniam com os seus catequistas na igreja, que dispõe naturalmente de uma espaço muito mais amplo – ainda que para isso se tenha tido de reprogramar os horários da eucaristia de semana e da adoração que por lá se faz às terças e quintas. Ganharam com isso 4 meses de catequese presencial, até ao início do segundo e duríssimo confinamento. No caso de SJosé, em grande parte porque as salas de catequese são de facto muito pouco arejadas e bastante exíguas, fomos adiando até não ser possível nem sustentável adiar mais e, no caso do primeiro ano, temos feito o que podemos com as benditas e abençoadas licenças do Zoom que em boa hora as paróquias compraram no início do primeiro confinamento.
Por tudo isto, pereceu-nos justo pedir um pequeno testemunho a dois catequistas: o Miguel Cruz, jovem a frequentar o 11º ano na Quinta das Flores e acabadinho de receber o sacramento do Crisma; e a Sofia Pereira, um pouco menos jovem mas com muito carinho pelos mais jovens.

Diz-nos o Miguel Cruz, de SJBaptista, que integra uma equipa com outra jovem da sua idade e um casal:

A minha experiência como catequista tem-se revelado bastante gratificante!! No início tinha receio de assumir esta responsabilidade pelo facto de que o interesse das crianças pela vida de Cristo dependeria de mim! E eu próprio deixei de ir à catequese depois da profissão de fé. Por isso sabia, por mim próprio, que não era tarefa fácil cativar-me!
No entanto, ao longo das semanas, tanto pelo feedback dos pais como pela vontade das crianças de ir a catequese, esta nova experiência é deveras recompensadora!!

Miguel Cruz, SJBaptista

        

E diz-nos a Sofia Pereira, com a anuência da Natália, sua parceira nesta aventura catequética:

Vivemos um tempo de mudanças profundas na nossa sociedade, fruto do contexto atual de Pandemia. Fomos desafiadas a construir pontes de proximidade entre a Igreja, as crianças e suas famílias, usando para tal redes de contacto diferentes, adaptados à nossa nova realidade.

Quinzenalmente, juntamos as nossas crianças em 2 pequenos grupos, cada uma em sua casa, e desenvolvemos “uma catequese aos quadradinhos”, como lhe chamamos, usando para tal a plataforma Zoom. Embora distantes fisicamente, sem antes termos tido qualquer contato presencial, sentimo-nos muito próximos.

Esta tem sido uma experiência de grande desafio à nossa criatividade. Na impossibilidade de estarmos juntos e realizar atividades em sala, todas as atividades são pensadas com o objetivo de ultrapassarmos a barreira da distância física e partilharmos momentos de verdadeiro significado. Esta é a nossa missão atual, a de evangelizar, de continuar a anunciar Jesus, de levar Jesus ao coração e à vida de cada criança.

Sofia Pereira e Natália Costa, SJosé

Catequese de Infância – QUARESMA 2021

⛪🙏QUARESMA 2021🙏⛪
Hoje é Quarta-feira de Cinzas, ou seja, é o dia no qual começamos a caminhada de preparação para a Páscoa – a Quaresma.
É o primeiro dia de 40 em que somos convidados a refletir sobre nós, aquilo que fazemos e a mudar comportamentos, para nos tornarmos melhores pessoas. Somos, também, convidados a viver apenas com o essencial e abandonar os pequenos luxos a que estamos habituados diáriamente.
Esta semana vamos apresentar a Campanha da Quaresma 2021 aos nossos grupos de catequese, através das habituais plataformas online. Contudo, deixamo-vos o essencial das ações a ser praticadas pelos cristãos neste tempo que é para nós tão especial.

Finalmente, a Catequese de Infância de S. José está de volta!

Do 1.º ao 6.º Ano vão acontecer catequeses quinzenais, das 18h30 às 19h30, a partir de dia 18 de janeiro, preferencialmente via online.

O 1º ano faz catequese à segunda-feira, o 2.º à terça-feira, o 3.º à quarta-feira, o 4.º à quinta-feira e o 5.º e o 6.º ano à sexta-feira.

No caso do 3.º e 4.º ano, dado o elevado número de inscrições, funcionarão dois grupos, que vão trabalhar quinzenalmente e de modo desfasado.

As plataformas online são as nossas maiores parceiras no regresso à atividade catequética e estamos muito felizes por poder reencontrar os nossos grupos de catequese 🙂

Desejamos a todos um excelente ano, cheio de bênçãos ❤

#catequesedeinfancia #zoom #covid19 #ParoquiaSJose

Catequese de SJosé arranca a 18 de Janeiro

Por conta da pandemia e da falta de arejamento das salas de catequese, que também não são muito grandes, o início da catequese em SJosé foi, ponderadas as circunstâncias, adiado para o início do 2º período letivo.

A catequese nos primeiros 4 anos será familiar, isto é, pelo menos um dos pais que vem trazer o filho à catequese fica com um animador e vão tentar refletir sobre os mesmos assuntos que estão a ser tratados com os seus filhos, mas numa linguagem adulta.

A experiência crescente em Portugal tem sido muito frutuosa e muitos dos pais encontraram nisso uma bênção para eles e tornaram-se arautos deste método junto de outros pais.

Durante a primeira semana do ano, recorrendo ao Zoom, o Pe Jorge reuniu com os pais das crianças da catequese dos vários anos que lhe transmitiram a urgência de arrancar o quanto antes com a catequese de infância.

A todas as famílias, muitas delas bastante impacientes com o tão desejado arranque, asseguramos a certeza da nossa oração.

Catequese arranca no princípio de Janeiro

Se ainda não inscreveu o seu filho(a) no 1º ano, não adie e vá já inscrevê-lo.  

A catequese nos primeiros 4 anos será familiar, isto é, pelo menos um dos pais que vem trazer o filho à catequese, fica com um animador e vão tentar refletir sobre os mesmos assuntos que estão a ser tratados com os seus filhos, mas numa linguagem adulta.

A experiência crescente em Portugal tem sido muito frutuosa e muitos dos pais encontraram nisso uma bênção para eles e tornaram-se arautos deste método junto de outros pais.

Jornadas Nacionais de Catequistas – “CATEQUESE E FAMÍLIA”

Dos dias 23 a 25 de outubro irão decorrer por videoconferência as Jornadas Nacionais de Catequistas este ano dedicadas ao tema CATEQUESE E FAMÍLIA.

A inscrição poderá ser feira através do link: https://forms.gle/ySr1nSkymDijpovZ8

O endereço de entrada será enviado aos inscritos duas horas antes do início da Abertura, no dia 23 de outubro. Quanto ao horário proposto, foi adaptado às circunstâncias em que as Jornadas decorrerão, a partir da residência dos participantes, e à rotina familiar.