Fórum da Comunidade Emanuel transmitido a partir de SJBaptista

Fórum da Comunidade Emanuel transmitido a partir de SJBaptista

Já aqui tínhamos dado conta, em edições anteriores, de que o Fórum anual da Comunidade Emanuel haveria de ser online e transmitido a partir da igreja de SJBaptista. Naturalmente que, para cumprir com as recomendações da DGS e com as orientações da Conferência Episcopal, presencialmente, a lotação ficou reservada a um número muito limitado de irmãos: aqueles que foram considerados indispensáveis para assegurar a transmissão deste evento.

O evento foi transmitido nas redes sociais da Comunidade Emanuel a que se associaram as nossas paróquias, a de Arroios e Anjos em Lisboa (confiadas à Comunidade) e a página de Facebook do Renovamento Carismático em Portugal.

Foi muito bom. Simples e bom. Houve muita gente da nossa Unidade Pastoral a acompanhar e no Domingo, quando nos encontrámos na eucaristia dominical, deram um feedback muito positivo. A missa dominical de São João Baptista foi presidida pelo Pe Fernando Santos, um dos padres da Comunidade, atualmente vigário paroquial de Arroios e dos Anjos e responsável por uma casa de pastoral universitária em Coimbra, e que este fim de semana esteve destacado para esta atividade.

O Pe Marc, um sacerdote holandês da Comunidade, procurou ao longo de três palestras explorar o tema da liberdade sob um ponto de vista cristão.

O tema da primeira palestra, no sábado de manhã, era “O que é a liberdade cristã?”. Explorou nesta primeira exposição a questão da criação e da antropologia cristã, as dimensões da pessoa humana (corpo, alma e espírito), e terminou com os riscos associados ao exercício da liberdade.

No sábado à tarde, era precisamente esse o tema central: “O exercício da liberdade”. Começou por distinguir entre pequenas e grandes escolhas no exercício da liberdade, falou de liberdade sob uma perspetiva positiva e sob uma perspetiva negativa e terminou dando pistas sobre como exercermos efetivamente a nossa liberdade interior.

O terceiro tema ficou guardado para domingo à tarde: “Obstáculos à liberdade” – aqueles que nos chegam do exterior, aqueles que advêm do nosso pecado e dos nossos maus hábitos e aqueles que são fruto das nossas feridas mais profundas. Terminou dando pistas e sugestões que nos podem ajudar e orientar no crescimento da nossa liberdade interior e para crescer no amor em todas as suas dimensões.

Tudo ficou gravado e continua disponível na linktree da Comunidade Emanuel: https://linktr.ee/comunidadeemanuel

Deixar uma resposta