Escuteiros sempre de mochila às costas

Escuteiros sempre de mochila às costas

“Hoje é um grande dia, o meu dia! Neste dia especial, deixo-te uma mensagem muito importante para decifrares! Conto contigo! Tu consegues!”
Assim falou Baden-Powell (em morse, claro) aos escuteiros do agrupamento 347 – São Jorge no dia do seu próprio aniversário.
Estranho? Nem tanto. Aliás, só o seria se não estivéssemos a falar do grupo onde a criatividade e a imaginação são sempre o mote das mais variadas atividades educativas vividas ao ar livre (mesmo que, pelo contexto atual, sejam experimentadas do outro lado do monitor).
Estes têm sido tempos desafiantes para todos, sentimo-lo de modo especial na vida dos nossos lobitos, exploradores, pioneiros e caminheiros. Contudo, graças ao legado do nosso fundador, ao sentido de serviço dos dirigentes e ao espírito “tropa” dos nossos escuteiros, esta oportunidade de crescer com o jogo escutista tem-se revelado indispensável a cada semana em que vestimos a farda e nos colocamos em frente ao computador, de mochila às costas, preparados para todos os desafios: o Grande Uivo, o Caminho de Santiago, o debate cívico, o Escut´à Conversa são exemplos visíveis de um caminho que semanalmente percorremos. Sempre assim foi, assim hoje, assim amanhã.

Deixar uma resposta