Agrupamento apoia refugiados da guerra

Agrupamento apoia refugiados da guerra

Dar espaço a que os nossos jovens possam comunicar o seu desejo de paz no mundo, que querem ser parte dela e de um bem maior!

Sem vaidade, que não há motivos para isso. Mas querendo deixar esta sementinha de bondade bem à vista. Que ela possa também gerar mais e mais boas oportunidades de fazer o bem e de amar o próximo.

Os nossos caminheiros, desde logo, quiseram fazer alguma coisa, não fosse Servir a sua divisa. Recolheram bens de primeira necessidade, que selecionaram e embalaram cuidadosamente. Tudo escrito em Ucraniano, numa preocupação dedicada com quem os iria receber.

Chefes e caminheiros ajudaram em organizações de bens.

Os mais pequenos, e graúdos também, gritaram bem alto pelo seu desejo de paz. Talvez uma espécie de prece que queriam ver chegar e ser ouvida lá no Alto!

As famílias dos nossos escuteiros, sempre envolvidas e prontas para ajudar o próximo. Já são eles que nos desafiam a nós e nos chamam a ajudar! Bem aventurados sejam!

E claro, alguns que a vida já puxou para fora do escutismo, mas que continuam sempre nossos, sempre envolvidos nestas situações. Que orgulho nisso! Nesta gente! Na comunidade em nosso redor!

O nosso singelo apoio e contributo é só uma gota de água neste oceano de ações pelo bem e pelo amor ao próximo, mas já tão grandioso pelo que permite aprender a cada um dos nossos escuteiros!
Que o amor pelo próximo sempre nos desafie! Que esta onda de gente que se preocupa, se envolve, que não se nega, sempre nos envolva.

Se não pudermos fazer muito mais, que possamos amar e ensinar a amar. É já a maior das coisas! Bem hajam! Que sejamos uma sementinha de paz no mundo.

Deixar uma resposta