Degrau a Degrau para a Alegria da Ressurreição

Degrau a Degrau para a Alegria da Ressurreição

Em SJosé, as crianças da catequese de infância estão a ser convidadas a fazer uma escalada de quaresma.

A Quaresma é um tempo litúrgico com a duração de 40 dias. Durante este tempo, devemos preparar-nos para a Páscoa, a ressurreição de Jesus.

A Quaresma tem início todos os anos na Quarta-feira de cinzas (2022, 2 de março) no dia seguinte ao Carnaval. Compreende seis domingos (que não são contabilizados, visto não serem dias de penitência) e estende-se até à Quinta-Feira Santa, antecedente à Páscoa (2022, 14 de abril) antes da missa vespertina do Senhor, onde se celebra a instituição da Eucaristia, que teve início na Última Ceia de Jesus com os seus discípulos. Inicia-se então o Tríduo Pascal, três dias em que os cristãos revivem o percurso da Paixão e Morte de Jesus Cristo, em prol da salvação da humanidade. No domingo de Páscoa, concretiza-se a alegria da Ressurreição de Cristo, nosso Salvador.

“Quaresma” deriva da expressão latina quadragesima dies (quadragésimo dia), tradição que é observada desde o século IV. A Quaresma lembra-nos dos 40 dias que Jesus passou sozinho no deserto em oração e dos martírios que sofreu até ao dia em que foi crucificado.

É tradição que durante a Quaresma, os cristãos se preparem espiritualmente para a Páscoa, orando e refletindo, assim como fazendo jejum. Este não é só de carne à sexta-feira, como habitualmente se entende, mas sim “jejum” nas atitudes; no consumismo; na relação com os outros…É um tempo para o arrependimento e para mudança de atitudes, no sentido de nos esforçarmos para sermos melhores e viver mais próximos de Jesus. Assim, os cristãos são chamados a fazer uma pequena penitência durante os 40 dias da Quaresma.

Este ano, a campanha da Quaresma intitula-se “Degrau a Degrau para a Alegria da Ressurreição”. Ao longo destes 40 dias iremos caminhando fazendo penitência, oração e mudanças nas nossas vidas para nos prepararmos para a grande festa que é a Ressurreição de Jesus.

No Domingo passado, o primeiro da quaresma, na Igreja, estava já uma pequena escada, encostada à parede. No primeiro degrau estavam as palavras: Sacrifício, Oração, Jejum, que estão relacionadas com o tempo que Jesus passou no deserto: não comeu, não bebeu, rezou muito.

No momento do ofertório, as crianças colocaram num cestinho, junto ao altar, o desenho duma pedra (como as que o Diabo queria transformar em pão) em que escreveram um sacrifício que fizeram durante a semana.

Deixar uma resposta